Terça-feira, 27 de Março de 2007
5.

Porque se fala em "saturação" da Portela quando ainda existem períodos de pouco movimento ao longo do dia?

A repartição do tráfego ao longo do dia depende essencialmente das necessidades da procura (passageiros, operadores turísticos e transportadoras), e não da vontade de quem gere o aeroporto.
Os horários são função da localização das origens e destinos, e das necessidades de ligações a outros voos e tendem assim a concentrar-se em dois a três períodos limitados ao longo do dia.
Com efeito, as companhias aéreas procuram voar nas horas do dia mais atractivas para o seu negócio. Ainda que o aeroporto possa tomar medidas para atrair as companhias para horas menos congestionadas, a verdade é que as companhias aéreas estrangeiras se encontram condicionadas pelas horas de chegada e partida dos seus aeroportos de base, na maior parte das vezes grandes Hubs europeus ou mesmo intercontinentais, onde as diferenças horárias impõem severas restrições às possibilidades de alteração dos horários.



publicado por ota às 14:34 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comandante João Moutinho. Ver nota biográfica.

.vídeos
.Documentos

. apresentações(7)

. capacidade limite(1)

. características(1)

. cv´s(1)

. documentos(45)

. epia(2)

. estudos(28)

. impacte da relocalização(1)

. impacto(1)

. investimento(1)

. lisboa 2017(1)

. naer(1)

. notas técnicas(1)

. ota(1)

. parceiros(1)

. perguntas frequentes(51)

. perspectivas(6)

. pontos de vista(1)

. regulação(1)

. rio frio(1)

. viabilidade(2)

. todas as tags

.links
.posts recentes

. Questões chave

. Ponto de Partida

. Futuro

. 50. A implantação do Novo...

. 49. Como irá a localizaçã...

. 48.

. 47.

. 46.

. 45. Existem outros aeropo...

. 44. Qual o Modelo de Tran...

.arquivos

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO
RSS